linkedin google plus facebook twitter
Home / Candidaturas / Procura de emprego: onde os candidatos estão a errar!

Procura de emprego: onde os candidatos estão a errar!

Procura de emprego onde os candidatos estão a errar

 

Com o objectivo de o ajudar a optimizar as suas candidaturas e a conseguir novas oportunidades, procuramos perceber quais os principais comportamentos dos candidatos quando procuram emprego.

Para isso, realizamos um inquérito a que respondeu um universo diversificado de 3.071 pessoas:

  • 57% mulheres e 43% homens
  • 37% empregados e 63% desempregados
  • Idade: 18-24: 12%;  25-30: 16%; 31-39: 26%; 40-49: 28%; + 50: 17%

Após observarmos os resultados verificamos que, no processo de candidatura, alguns candidatos estão a cometer erros que os podem estar a afastar de conseguir uma nova oportunidade.

60% dos candidatos utiliza CV Europass

Do total de inquiridos, tanto homens como mulheres, 60% afirma utilizar o modelo de CV Europass, contra apenas 33% que utiliza um CV com Layout próprio.

A faixa etária dos 31 aos 39 anos é que mais utiliza este modelo assim como os profissionais sem ensino superior. Por outro lado, o CV Europass é menos utilizado por jovens dos 18 aos 30 anos – 54%.

Como já fizemos referência noutro artigo, excepto situações em que as empresas peçam explicitamente este modelo, utilizá-lo poderá não ser uma boa opção.

Porquê? Porque ao utilizar este formato não está a demonstrar a sua personalidade nem a transmitir informação mais pessoal. Para além disso, na pior das hipóteses, o recrutador pode considerar que não se esforçou por personalizar a sua candidatura e portanto não está verdadeiramente empenhado em conseguir a vaga. O que nos encaminha para outro erro cometido pelos candidatos.

41% envia sempre o mesmo Currículo

Quando procura uma nova oportunidade, é importante que adapte o seu currículo a cada função.

45% dos homens inquiridos afirma que envia sempre o mesmo CV, enquanto que nas mulheres a percentagem é mais reduzida, sendo de 38%. Por outro lado, apenas 6% das pessoas que responderam ao questionário respondeu que envia sempre a mesma carta de apresentação, o que demonstra preocupação em personalizar a candidatura.

No entanto, é importante que não se foque apenas na carta de apresentação e dê também importância à adaptação do seu CV: neste mercado de trabalho que está cada vez mais competitivo é importante que o seu currículo esteja (quase) perfeito, de modo a conseguir uma entrevista de emprego. Para tal, é ideal que adeque o currículo à vaga a que se candidata.

Apenas metade procura emprego ao fim-de-semana

Se por um lado os fins-de-semana são ótimos para descansar e passar algum tempo com a família e a fazer actividades que gosta, são também dias apropriados para procurar emprego e enviar as suas candidaturas.

Enquanto que 95% dos candidatos procura emprego durante a semana, apenas 50% afirma também o fazer aos Sábados e Domingos.

Ao contrário do que possa pensar, a maioria das empresas tem intenção de começar o processo de recrutamento e colocação dos anúncios durante os fins-de-semana para começar a receber candidaturas no início da semana – altura em que os candidatos estão mais activos.

Assim, se enviar as suas candidaturas também ao fim-de-semana tem mais hipótese de encontrar novo anúncios e de se antecipar aos restantes candidatos na “corrida” por determinada função.

 

 

About Alerta Emprego

O Alerta Emprego é um portal de emprego que ajuda empresas e recrutadores a encontrar os melhores candidatos e a gerir processos de recrutamento. Além de promover anúncios de emprego, o Alerta Emprego funciona como uma base de dados de CVs pesquisável, tornando mais fácil a procura de candidatos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*