13 passos para encontrar emprego rapidamente

Está há muito tempo à procura de emprego sem sucesso?

Reveja esta lista de afazeres, também indicada na About Careers, que pode fazer a diferença e que provavelmente não está a pôr em prática:

  1. Responder a todos os anúncios de emprego que encontra nem sempre é uma boa ideia. Concentre a sua pesquisa em postos de trabalho para os quais está qualificado. Desta forma terá mais hipóteses de ser seleccionado para uma entrevista. Enviar currículos e cartas de apresentação aleatórios é apenas um desperdício de tempo. Antes de começar, decida que tipo de trabalho vai procurar. Melhor ainda será ter uma lista de empresas onde gostaria de trabalhar e dar o seu melhor para lhes chamar a sua atenção.
  2. Não pare de responder a ofertas de emprego enquanto está à espera da resposta de uma empresa. Saiba que a maioria dos candidatos são rejeitados por mais de 15 recrutadores antes de conseguir um emprego. Aprenda com os seus erros, e continue até chegar a oferta certa.
  3. A sua carta de apresentação deve ser específica para o recrutador ter curiosidade em ver o seu currículo. Não se esqueça que só tem alguns segundos para impressionar o recrutador e ser seleccionado para uma entrevista. Se não mostrar o que pode fazer pela empresa no primeiro parágrafo da sua carta, vai ser difícil ser chamado para uma entrevista. Veja aqui como garantir uma entrevista.
  4. O seu currículo deve ser adaptado à função a que se candidata e não apenas a sua carta de apresentação. Estes documentos devem ser editados e ajustados o melhor possível para a vaga a que se está a candidatar. Caso contrário, pode não conseguir chamar a atenção.
  5. Não é necessário incluir toda a sua experiência no seu currículo. Se já está no mercado de trabalho há vários anos, não tem que explicar tudo o que fez exaustivamente. Isso é muita informação e muitas experiências para a maioria das vagas de emprego.
  6. Se quer mostrar o que fez nas alturas em que esteve desempregado pode incluir outras experiências. Há outras coisas que pode usar para reforçar o seu currículo, como trabalhos de voluntariado, por exemplo.
  7. Vista-se como uma pessoa de sucesso na sua profissão. Nos primeiros minutos de uma entrevista o recrutador tira uma primeira impressão crítica. Certifique-se que está vestido adequadamente para o tipo de trabalho e à empresa a que se está a candidatar.
  8. Seja você mesmo. Respostas ensaiadas, sorrisos falsos, e dizer o que pensa que o recrutador quer ouvir na entrevista, não é boa ideia. Os empregadores querem conhecê-lo para terem a certeza de que é a pessoa que esperam desde o primeiro dia de trabalho.
  9. Contar uma história durante uma entrevista de emprego é uma excelente maneira de partilhar a sua experiência e competências. Aproveite as perguntas durante uma entrevista, para contar como já lidou com situações sobre as quais estão a falar.
  10. Nunca fale mal de um empregador anterior. Os recrutadores não gostam disso e por vezes até ficam mesmo irritados. Na verdade, um dos mais erros comuns numa entrevista de emprego é o de falar mal do seu chefe anterior ou colegas de trabalho. A primeira coisa que o entrevistador vai pensar é o que irá dizer sobre a sua empresa se for contratado.
  11. Envie uma nota de agradecimento após uma entrevista de emprego. É importante o acompanhamento após uma entrevista de emprego. É uma maneira de mostrar o seu apreço por ter sido um dos candidatos escolhidos para a função. É também uma forma de reiterar o seu interesse e partilhar algo mais que não tenha dito durante a entrevista. Veja estes 5 Passos para escrever uma nota de agradecimento.
  12. A rede de contactos é uma componente importante na procura de emprego. A maioria dos empregos ainda são encontrados através da rede de contactos, seja online ou em pessoa. Você nunca sabe quem o pode ajudar a encontrar o seu próximo trabalho, a menos que diga aos seus contactos que está à procura de emprego.
  13. As referências podem fazer uma grande diferença. Obtenha recomendações de chefes, colegas de trabalho, clientes, subordinados e fornecedores. Guarde-as em sites como o LinkedIn e partilhe-as sempre que possível. Se está preocupado com uma possível referência má do seu supervisor, procure outras referências pessoais

 

Alguns dos pontos desta lista podem fazer a diferença. Alguns destes pontos podem deitar tudo a perder se não forem feitos. Certifique-se de que realmente está a seguir todos estes passos, pois só assim vai conseguir encontrar emprego mais rapidamente.