o seu cv deve fazer estas 4 coisas

 

O mercado de trabalho é extremamente competitivo. Centenas de candidatos respondem aos mesmos anúncios de emprego, o que quer dizer que os CVs são examinados por fases: primeiro (em alguns casos) por um sistema informático, depois numa leitura rápida, a seguir o recrutador analisa se preenche os requisitos e, por último, o mesmo lê todo o CV e presta atenção aos pormenores.

Assim, o seu curriculum vitae tem que estar preparado para passar todas as fases e ajudá-lo a ser chamado para uma entrevista de emprego.

O seu CV chega ao recrutador?

A primeira fase da “viagem” do curriculum vitae não se aplica em todos os casos. Apenas algumas empresas utilizam ATSs (Automatic Tracking Systems), no entanto é importante preparar a sua candidatura para este caso.

Para garantir que consegue ultrapassar esta “barreira” deve utilizar palavras constantes no anúncio de emprego, descrever as suas competências, evitar imagens/gráficos e caracteres especiais, utilizar fontes (tipos de letra) comuns como o Arial e gravar o documento em .pdf.

O seu CV passa no teste dos 10 segundos?

Sabia que os empregadores alocam somente entre 6 e 10 segundos a cada CV? É normal que assim o façam, especialmente quando têm centenas de candidaturas para analisar.

Quer isto dizer que deve mostrar-se como o candidato ideal desde logo. Utilize um formato de CV que evidencia as competências, experiência ou formação que quer destacar.

Escreva o factor-chave para ser o candidato escolhido no resumo do currículo.

O seu CV passa na checklist de requisitos?

Numa segunda abordagem ao seu curriculum vitae, o empregador vai querer determinar se preenche os requisitos necessários para executar a função (utilizando uma checklist física ou mental).

Facilite o trabalho ao recrutador: indique as suas competências e formação de forma perceptível. Se possível, utilize as palavras constantes no anúncio de emprego.

Também pode organizar uma lista de competências, mencionando somente as que são relevantes para a vaga em questão.

O seu CV impressiona?

Agora que já passou nos testes iniciais, falta só saber… o seu curriculum vitae está escrito de forma a impressionar?

Agora que o recrutador já sabe que tem as competências, precisa de saber como as utilizou em contexto real. Quantifique os seus sucessos e experiência.

Por exemplo, em vez de “experiência em trabalho com crianças” escreva “7 anos de trabalho intensivo com crianças, tendo ajudado no desenvolvimento emocional e académico de mais de 100 indivíduos”.

Outros elementos que também impressionam o recrutador: distinções e prémios, percentagens de Vendas, nomes de empresas/instituições conhecidas (por exemplo, “Trabalhei como consultor na EDP durante 5 anos, tendo gerido a mudança do parque informático e aplicações de CRM.”)…

Por fim, é importante que a linguagem constante no CV seja cuidada e sem erros ortográficos.

 

Se a sua candidatura passar todos estes testes, há uma grande probabilidade de ser chamado para a entrevista de emprego. Teste o seu CV antes de o enviar!

 

Fonte: Glassdoor