Um salário mínimo adequado para os trabalhadores europeus e assim permitir uma “vida digna, é o objetivo de Portugal para a Europa, referiu Ana Mendes Godinho.

O Conselho informal dos ministros da União Europeia do Emprego, Política Social, Saúde e Consumidores irá debater a o plano de ação do Pilar Europeu dos Direitos Sociais.

Este será apresentado pela Comissão Europeia em Março e é uma das prioridades da presidência portuguesa do Conselho da UE.

Será ainda discutido o “futuro do trabalho e do trabalho digno”, com destaque para as “políticas de combate à discriminação, pobreza e exclusão social”.

Os direitos da criança também serão tema neste encontro, com o objetivo de adotar uma garantia para a infância.

O Conselho de Ministros da União Europeia do Emprego, Política Social, Saúde e Consumidores é presidido pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social – Ana Mendes Godinho – e pela ministra de Estado e da Presidência – Mariana Vieira da Silva.

Fonte: ECO