Como já foi dito inúmeras vezes, escrever o currículo pode ser um desafio para muitas pessoas, especialmente quando não já não é atualizado há algum tempo. Para além de ter de refletir sobre a sua carreira e sobre a experiência que foi adquirindo, também tem de saber como são apresentados os currículos atualmente.

Conheça algumas das questões mais frequentes que passam pela mente dos candidatos, e que talvez já tenham passado pela sua.

Qual deve ser o tamanho do meu currículo?

Atualmente os currículos são analisados por sistemas que o classificam quanto ao seu papel e responsabilidades para o cargo, enquanto que o recrutador observa as suas competências e conquistas/sucesso. Isto é um indicador de que os currículos estão a ficar cada vez maiores.

Para quem acaba de entrar ou vai entrar no mercado de trabalho, geralmente fica-se por uma página, mas a grande maioria dos candidatos chega a ter um currículo de duas páginas, enquanto que para determinadas áreas ou funções como Gerentes Sénior e IT chegam a ter três páginas.

O que tem de ter noção é quando deve parar de adicionar detalhes de cargos que não lhe agregam valor ou que são irrelevantes.

É obrigatório incluir a minha morada?

Não, pode apenas indicar a sua cidade, o distrito ou até o código postal. No entanto, pode já ter passado por isso ou não, mas em determinadas oportunidades de emprego um dos requisitos é ter uma residência perto do local de trabalho.

Algumas empresas não querem lidar com colaboradores que tenham de se deslocar ou realocar para estar mais perto do local de trabalho.

Por isso, caso resida perto da empresa para a qual se está a candidatar, partilhar o seu código postal só lhe trará vantagens (caso a residência local seja um requisito).

Como devo organizar o meu currículo?

Há várias formas de estruturar o conteúdo do seu currículo. Detalhar os seus cargos de forma cronológica, com o mais recente em primeiro é a forma mais comum. É também para onde os recrutadores olham quando um profissional está a seguir uma carreira dentro de determinado setor.

Lembre-se que currículos funcionais – aqueles em que apenas lista o cargo e as datas sem detalhe das atividades que desempenhou – não resultam. Os recrutadores ficam imediatamente desconfiados, uma vez que essa técnica é utilizada para esconder algo relativo à sua empregabilidade.

Outra técnica que pode optar é a criação de um currículo híbrido – lista primeiro as competências e depois a experiência profissional (cargos exercidos).

O que posso fazer ao currículo para impressionar os recrutadores?

O topo do seu currículo é o que vende e precisa de apresentar informação valiosa, ou seja, o que tem para oferecer ao recrutador.

Esta é a única secção que os recrutadores vão ler, por isso exponha as suas capacidade e experiência e principalmente, demonstre que tem a capacidade para alcançar os objetivos que a empresa procura atingir.

O que faço quando não tenho muita experiência profissional?

Caso não tenha muita experiência ou competências, tem de o compensar de outras formas no seu currículo. Tenha em consideração adicionar informação sobre workshops e outros projetos específicos que possam destacar o seu conhecimento e capacidades importantes para o cargo que se está a candidatar.

Tem também o trabalho voluntário, que irá demonstrar um bom carácter. Além disso, tome atenção a qualquer conquista ou prémio derivado de algum projeto que tenha integrado.

Que formato devo utilizar para enviar o meu currículo?

Deve jogar pelo seguro e salvar o seu currículo no formato Word (.doc). Isto para assegurar de que o recrutador consegue abrir o seu currículo, independentemente da versão do seu sistema. Certifique-se que leu todas as instruções sobre o envio do seu currículo com atenção, pois algumas empresas têm requisitos relativo ao processo de envio.

Procure também se a empresa tem alguma preferência no formato do documento, como por exemplo PDF, que é bastante comum, uma vez que evita interferências com a formatação do documento.

Escrever o seu currículo é uma tarefa que obriga um nível de atenção ao detalhe, por isso leia sempre e releia o documento e as instruções do processo de envio, no caso de existir.

 

Fonte: Work It Daily