man-working-late-at-night

O seu trabalho estende-se para além do seu horário normal?

Se assim for, veja estas cinco dicas para recuperar o seu tempo pessoal.

Mas antes, tenha a certeza de que está a ser competente durante o seu horário. Se não tem a certeza, veja aqui 11 coisas que fazem as pessoas produtivas no trabalho.

Se a sua empresa ou o seu chefe espera que esteja disponível fora das horas de trabalho com mais frequência do que gostaria, aqui está o que deve fazer:

  1. Seja realista sobre os requisitos e normas do seu trabalho

Algumas áreas exigem que despenda longas horas a trabalhar, tal como o direito, o jornalismo, as campanhas políticas ou as empresas que estão no início. Portanto, se está a trabalhar numa área que lhe exige este tipo de compromisso, poderá ter de decidir se deseja o estilo de vida que ela lhe pede. Não há que ter vergonha se decidir que não é isto que pretende, mas, nesse caso, é necessário que pense num plano para sair e encontrar um caminho numa área com diferentes horários e expectativas.

De qualquer forma, pense nestas 10 questões a fazer antes de mudar de Carreira.

  1. Tenha a certeza de que está a interpretar as expectativas do seu local de trabalho correctamente

Na verdade, você pode estar a assumir que quando o seu chefe lhe envia emails à noite ou no fim de semana, ele está à espera de uma resposta rápida e que não pode esperar até que volte ao trabalho. Ou até pode estar a supor que, como vê os outros à sua volta a trabalharem longas horas, o mesmo se espera de si. E às vezes isso até pode ser o caso. Mas muitas das vezes, o seu chefe apenas está à espera da sua resposta na segunda-feira e está a enviar-lhe um email numa sexta à noite porque foi o momento mais conveniente para ele.

Se, em todo o caso, não tiver a certeza, tenha uma conversa directa e pergunte-lhe!

É legítimo que lhe pergunte: “…Estou a assumir que posso esperar e responder aos emails recebidos no fim de semana até eu voltar ao trabalho na segunda-feira, a menos que seja uma emergência. Estou certo? Ou prefere que eu responda à noite ou no fim de semana?”

Só assim poderá tirar as suas dúvidas.

  1. Se o seu chefe deixa claro que, de facto, espera disponibilidade fora de horas, e você não quer trabalhar assim, explique as suas razões

Por exemplo, pode dizer: “É importante para mim ter tempo para recarregar baterias fora do trabalho. Eu posso trabalhar fora de horas quando se tratar de uma emergência, mas caso contrário, prefiro usar as minhas noites e fins de semana para recuperar e assim venho com mais força quando voltar ao trabalho. Podemos tentar assim? Se depois houver problemas, podemos voltar a falar e corrigir algumas coisas. ”

  1. Proponha um compromisso

Mesmo em escritórios com horas exigentes, você pode ser capaz de encontrar um meio termo.

Por exemplo, pode concordar em verificar o seu email uma vez por noite, mas diga que só vai responder se for algo verdadeiramente urgente; caso contrário irá esperar até ao dia útil seguinte. Ou então pode acordar com o seu chefe que vai estar acessível na maioria das noites, mas que aos fins de semana vai estar mesmo indisponível.

A ideia aqui é ter uma conversa com o seu chefe sobre o que pode funcionar para ambos. (Se você é um bom funcionário, o seu chefe vai concordar com este tipo de compromisso e vai estar interessado em encontrar uma solução que funcione para todos.)

  1. Conheça os seus limites

Se o seu chefe lhe diz que está a contar consigo para trabalhar regularmente à noite e aos fins de semana, e que isso não vai mudar, então decida se quer o trabalho nestes termos, sabendo que é algo que faz parte deste emprego.

A chave é mesmo ter essa conversa e descobrir até onde as coisas podem ir, para ver se ultrapassam em muito os seus limites e a sua disponibilidade.

 

Leia este artigo de Alison Green.