Em 2019 o Governo fez alterações a respeito do salário mínimo para o setor público e privado, passando para 635 euros e 600 euros, respetivamente.

Entretanto a empresa Balanças Marques, do setor privado, decidiu aumentar o salário mínimo para os 650 euros.

«Entre os cerca de 100 trabalhadores, o número dos que recebiam o salário mínimo já era muito baixo», confirmou uma fonte da empresa ao Jornal de Notícias.

Com este aumento interno, a partir de agora nenhum trabalhador da empresa recebe um ordenado inferior a 650 euros em todo o Grupo José Pimenta Marques.

«Apesar de ser muito residual o número de colaboradores das suas empresas nestas condições, a administração continua empenhada em proporcionar as melhores condições e em estabelecer vínculos laborais e relações profissionais estáveis», referiu a mesma fonte.

A este aumento salarial, acrescenta-se a subida do subsídio de refeição para todos os trabalhadores em 20%. Em 2018, foi registada a distribuição de dividendos que corresponde ao pagamento de metade do valor de um salário de cada funcionário, totalizando 50 mil euros.

Para além disto, a empresa decidiu implementar alguns “brindes”, como a oferta de um prémio no montante de 500 euros pelo nascimento de um filho de um colaborador, aulas de ginástica, água e fruta e ainda descontos e condições especiais em produtos e serviços das próprias empresas e de outras com que foram estabelecidos protocolos.

 

Fonte: Jornal de Notícias