A época em que se enviar o mesmo currículo como resposta a todos os anúncios de emprego já acabou. Num mercado de trabalho tão competitivo como o de hoje, é necessário um currículo (quase) perfeito para conseguir uma entrevista de emprego.

Uma boa forma de impressionar os recrutadores é construir/adaptar o seu currículo à vaga a que se está a candidatar. Deste modo, deve:

1. Ler atentamente o anúncio de emprego

Antes de se candidatar, leia o anúncio de emprego 3 vezes. Certifique-se que tem o perfil que a empresa procura. Identifique quais as competências-chave requisitadas e faça uma lista de keywords para utilizar no currículo. Por fim, determine se existe algum pedido adicional por parte da empresa, com por exemplo: fotografia, referência, ou algo do género.

2. Utilize um modelo base do seu currículo

Adequar o seu currículo a cada oportunidade profissional não significa que tenha que começar sempre do zero. Mantenha um documento word com todo o seu histórico profissional e descrição das competências. Depois, pode utilizar as várias secções para formular um novo currículo, mais curto e direcionado para a vaga a que se candidata. Se não possui um modelo base, pode conhecer e guardar o nosso modelo aqui.

3. Reformule o seu resumo

Utilize a secção do resumo para mencionar as competências e experiências que o tornam no candidato ideal para a vaga. Refira algumas das palavras-chave previamente identificadas.

4. Destaque as experiências mais relacionadas com a função

Se pretende candidatar-se a uma função que já exerceu anteriormente, mas que não foi a sua última experiência de trabalho, faça uma ligeira mudança na organização do seu percurso profissional ou académico.

Coloque no início de cada secção (experiência profissional, habilitações académicas e competências) as informações mais pertinentes e que vão ao encontro do que a empresa pretende.

5. Foque-se nos aspetos mais relevantes

Não mencione todas as funções, tarefas, responsabilidade e/ou resultados que teve de um dado emprego. Priorize os aspetos que demonstram que é o candidato ideal para a função e não ocupe espaço no seu currículo com aspetos irrelevantes. Não se esqueça de optar por resultados quantitativos (aumento das vendas em X%, aumento da satisfação dos clientes em X%) e de apresentar exemplos que ilustrem o seu sucesso.

6. Potencia as suas soft skills

Principalmente se estiver a ponderar mudar de carreira, não perca a oportunidade de utilizar a sua experiência profissional prévia. Mencione as competências gerais que adquiriu, tais como responsabilidade, atenção ao detalhe e capacidades de comunicação.

 

Construa ou altere o seu currículo para responder a diferentes anúncios de emprego e terá melhores resultados.

 

Fonte: The Balance Careers