CV

 

Por esta altura já leu os nossos conselhos para um CV perfeito e está a aplicar as técnicas para melhorar a sua candidatura. Mas, por algum motivo, continua sem receber qualquer resposta por parte dos empregadores. Tal pode-se dever ao facto de os mesmos não chegarem a ler o seu CV!

Muitas empresas estão a utilizar os ATSs (Automatic Tracking Systems) – sistemas que  permitem às empresas ordenar e priorizar CVs de candidatos com base no seu grau de relevância/correspondência para a descrição da oferta de emprego em causa.

Estes sistemas informáticos ajudam os recrutadores a reduzir o número de candidaturas, para que não seja necessário um humano ler milhares de CVs. Segundo o Mashable, 72% dos currículos não chegam a ser lidos pelo empregador!

Aqui ficam algumas dicas para optimizar o seu CV de forma a garantir que não é rejeitado pelos ATSs:

1. Utilize palavras do anúncio de emprego:

Procure no anúncio de emprego quais as competências requeridas. Identifique, também, jargão profissional e expressões repetidas no anúncio. Incorpore as palavras/expressões no seu currículo sempre que se aplicarem à sua experiência profissional e competências. Os ATSs vão procurar, nos milhares de CVs, aqueles que utilizam os mesmos termos que o anúncio.

2. Não coloque imagens ou gráficos:

O ATS irá dividir a informação que lhe passa em diferentes “grupos”. Uma imagem não é passível de associação a um grupo, já que o ATS só lê texto. Para o ATS, a imagem é um bloco de informação indefinido, pelo que deve evitar utilizar imagens e/ou fotografias, excepto em caso de necessidade.

3. Escolha a fonte cuidadosamente:

Deve optar por fontes comuns e simples, tais como: Arial, Georgia, Impact, Courier, Lucinda, Tahoma, Trebuchet ou Calibri. O tamanho da letra deve estar entre 10 e 12 pts.

4. Não esconda keywords (palavra-chave):

Não se sinta tentado a utilizar as keywords que sabe que o ATS procura no espaço branco da página. Escrever a branco (para ser ilegível) as palavras mais importantes pode parecer boa ideia, mas o recrutador pode vir a descobri-las quando analisar o seu CV… e considerá-lo-à desonesto. Alguns ATSs mais sofisticados também conseguem ler estas “palavras fantasma” e rejeitarão a sua candidatura!

5. Dispense a informação irrelevante:

O currículo só deve apresentar a experiência profissional e competências relevantes para a função a que se candidata. Não coloque informação desnecessária no precioso espaço que tem disponível (lembre-se que o currículo deve ter entre 1 e 2 páginas).

6. Não utilize caracteres especiais:

A utilização de bullets no CV é recomendada, no entanto cuidado com o tipo de caracteres que utiliza. A típica “bolinha” dos bullets será correctamente lida pelo ATS. Já um seta, por exemplo, poderá fazer com que o seu currículo seja rejeitado!

7. Evite sombreamento e margens diferentes do normal:

Os ATSs “gostam” de modelos básicos, por isso utilize um template de curriculum vitae simples.

8. Melhore as sua secção de competências:

A maioria dos empregadores utiliza ATSs para pesquisar competências específicas. Certifique-se que a sua candidatura menciona os programas informáticos que domina, línguas estrangeiras e competências específicas à sua profissão. Pode utilizar texto corrido e siglas para referir determinado detalhe. Tente pensar como o recrutador e lembre-se que tipo de competências procuraria.

9. Crie um resumo profissional:

Inclua uma lista de feitos profissionais e académicos que sejam relevantes para o emprego a que se candidata: um resumo dos pontos mais importantes do seu CV e aquilo que o irá “vender” ao empregador.

10. Confira se não tem erros ortográficos:

Os ATSs não serão capazes de ler uma keyword que tenha um erro. Releia o seu CV, certifique-se que não tem erros e, para ter mesmo a certeza, peça a um amigo ou familiar para procurar erros!

11. Coloque os seus contactos no início:

Não se esqueça de incluir informação vital: número de telefone e e-mail. O ATS poderá enviar-lhe um e-mail com instruções para continuar a candidatura, por isso confira regularmente a caixa de Spam do seu e-mail.

12. Adapte o CV a cada vaga a que se candidata:

Cada anúncio contém keywords e expressões diferentes, pelo que os ATSs estarão à procura de elementos diferentes consoante a vaga a que se candidata. Para que o seu CV seja lido por olhos humanos construa-o à medida de cada oportunidade de emprego!

13. Formato do documento:

Ao guardar o seu CV, certifique-se que o mesmo fica em formato .doc ou .docx nos casos em que é especificamente solicitado um documento em formato Word. Sempre que possível, opte por tornar o currículo num .pdf de forma a evitar desformatações.

 

Ao escrever o seu CV, lembre-se que deve adaptá-lo ao cargo a que se candidata e ter em conta a existência de ATSs que o avaliarão antes do empregador.  Siga estes dicas rápidas e seja chamado para mais entrevistas de emprego!