Como garantir que sua candidatura é lida pelo Software de Recrutamento

Como garantir que sua candidatura é validada pelo Software de Recrutamento

Qual o objetivo principal? – Garantir que a sua candidatura é lida pelo software de recrutamento e chegar às mãos do recrutador.

Se está a submeter a sua candidatura através de um portal de emprego ou pelo website da empresa, a probabilidade é que a mesma vai ser validada por um software de recrutamento.

Quanto maior a sua pontuação, maior é a probabilidade se o seu currículo ser visto pelo recrutador, enquanto que aqueles que não são validados acabam por ser eliminados.

Por isso, a questão é: Como posso garantir que a minha candidatura é validada pelo software de recrutamento?”. Mas antes de avançarmos, é necessário explicar o que é o software – ou sistema – de recrutamento.

Um software de recrutamento é o sistema que viabiliza a gestão eletrónica das necessidades de recrutamento de uma empresa. Este é um sistema online onde o candidato terá de preencher um formulário que pede as informações que já estão no seu currículo.

Se obter uma boa pontuação – ou seja, quanto mais a sua candidatura se aproximar ao que a empresa pretende, maior é a probabilidade ser ser vista pelo recrutador.

Agora que foi explicado do que se trata este processo, apresentamos algumas dicas que ajudarão a sua candidatura a chegar às mãos do recrutador:

1. Certifique-se que o software consegue ler o seu currículo

Comece por guardar o seu currículo no formato correto. Nem todos os softwares conseguem ler documentos .doc ou .docx. Portanto, certifique-se que salva o seu documento em pdf.

Uma nota, não utilize no seu currículo tabelas, uma vez que os softwares não estão programados para o fazerem e só vai prejudicar a sua candidatura de completar o processo com sucesso.

2. Ajude o software a identificar secções e informação

O software procura por palavras-chave (keywords) para ajudar a identificar as secções do currículo, por isso verifique se todas as secções do seu currículo estão bem identificadas e seguem a mesma formatação.

Essas secções em que se deve focar incluem o seu título, o resumo da sua experiência, o seu histórico profissional, a sua educação e formação.

3. Liste as palavras-chave mais adequadas

A lista exata de palavras-chave que um recrutador insere no software vai variando, mas pode decifrar algumas palavras-chave adequadas ao estudar a descrição do cargo. Vai se aperceber que determinadas palavras vão aparecendo aqui e ali.

Pode haver terminologias que definem a linha do seu trabalho. Utilize essas palavras-chave no contexto do seu currículo.

Dica: se for usar a “/” (barra) entre palavras-chave, adicione um espaço antes e depois. O software pode não considerar Design Web/Design Gráfico como uma palavra-chave, mas irá fazê-lo ao escrever Design Web / Design Gráfico.

 

Fonte: Work It Daily

 

Está atualmente à procura de emprego? Então conheça as oportunidades profissionais disponíveis no nosso portal de emprego.

Além disso, a nova ferramenta do Alerta Emprego permite-lhe pesquisar oportunidades profissionais com a possibilidade de trabalhar a partir de casa. Conheça todas as ofertas disponíveis.

5ª Edição do Job Summit acontece nos dias 14 e 15 de Outubro

Siga-nos

Artigo anterior Como te deves apresentar no Job Summit Universitário
Próximo artigo Lay-off à parte, conhece outras medidas de que pode beneficiar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fechar