Governo vai colocar desempregados a estagiar na Administração Pública

Governo Estágios na Administração PúblicaO Governo pretende abrir um programa de estágios na Administração Pública dirigido aos desempregados e a quem procura o primeiro emprego.

De acordo com  versão preliminar da proposta de Orçamento do Estado para o próximo ano a que o ECO teve acesso:

“Os membros do Governo responsáveis pelas áreas das Finanças, da Administração Pública e do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social promovem a abertura de um programa de estágios”

Estes estágios vão ser lançados em parceria com o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Segundo a proposta, estes programas:

  • vão ter uma duração de até nove meses;
  • têm a possibilidade de serem concluídos a tempo parcial, a fim de permitir a acumulação com a formação

Além disso, o Governo apresenta um plano de forma a simplificar, moderniza e tornar mais rápido o recrutamento para a Administração Pública. Para o fazer será necessário proceder-se à “desmaterialização do procedimento concursal de recrutamento”. Uma ação feita através da atualização das funcionalidades da Bolsa de Emprego Público e da criação de uma nova plataforma de gestão.

“A celeridade na contratação ou substituição e o reforço em áreas estratégicas são dois aspetos essenciais para preparar a Administração Pública para responder a novos desafios de forma eficiente, criar massa crítica capaz de gerar valor e melhorar a qualidade dos serviços prestados aos cidadãos”

Esta medida provém da sequência em que os efeitos da pandemia na taxa de desemprego são esperados, apesar dos apoios à manutenção dos postos de trabalho criados pelo Governo.

 

Fonte: ECO

Saiba Mais:

Além disso, o Governo também pretende retomar a pré-reforma e fazer um reforço em relação aos prémios, de forma a rejuvenescer o pessoal da função pública.

Atualmente nos 438,81 euros, o montante do subsídio mínimo do desemprego vai aumentar para cerca de 505 euros no próximo ano de 2021.

Está atualmente à procura de emprego? Então, conheça as melhores oportunidades profissionais disponíveis no nosso portal de emprego.

Feira Virtual de Emprego – 14 e 15 de Outubro

Crie um CV profissional online

Siga-nos

Artigo anterior Subsídio de desemprego mínimo aumenta para cerca de 505 euros
Nenhum artigo mais recente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fechar