O que deve vir primeiro no seu currículo – experiência ou educação? Como deve colocar a sua formação? Deve seguir alguma ordem em especial? Que informação deve acompanhar esta secção?

Anteriormente, demonstrámos como se deve apresentar no seu currículo, e partilhámos algumas dicas de formatação e como estruturar a sua experiência profissional.

Neste artigo passamos à próxima etapa – a sua educação e formação:

1. Experiência primeiro, educação depois

A menos que seja recém-licenciado, coloque a sua educação após a secção da experiência.

É muito provável que os seus últimos empregos sejam mais relevantes para conseguir aquela oferta, do que as informações sobre a sua licenciatura.

2. Opte pela ordem cronológica inversa

Normalmente, deve apresentar o seu histórico educacional ao listar as licenciaturas e/ou pós-graduações/mestrados primeiro – a ordem cronológica inversa.

No entanto, se uma formação/licenciatura ou algo do género for mais relevante para a oportunidade a que se está a candidatar, comece a sua lista com essa informação, de modo a agarrar a atenção do recrutador.

3. Não mencione datas

Não considere necessário ou obrigatório colocar as datas de realizações dos seus estudos e formação ou formações.

Os recrutadores interessam-se mais se possui ou não o ensino apropriado para exercer o cargo em questão.

4. Destaque as suas honras, não a sua média

Se acabou a sua licenciatura com algumas conquistas debaixo do braço,deve mencioná-las no currículo.

Apesar de não ser necessário listar a sua média, não tenha receio de mostrar que se licenciou com distinção.

5. Inclua estudos em continuação e formação online

Não sinta insegurança ao incluir no seu currículo que está a estudar ativamente ou que realizou formações online, especialmente se não tiver muita informação para colocar nesta secção.

Atualmente, os cursos online são uma ferramenta aceitável, e a sua participação podem demonstrar a sua determinação e motivação em adquirir mais conhecimentos e competências para a sua carreira.

 

Fonte: The Muse