As empresas em tele-trabalho viram a produtividade dos seus trabalhadores aumentar em 63%, no terceiro trimestre de 2020, revela o “The future of work: from remote to hybrid“- um estudo do Capgemini Research Institut.

A redução dos tempos de viagem, os horários mais flexíveis e a adoção de ferramentas colaborativas digitais permitiram às empresas alcançar estes ganhos de produtividade.

Os maiores ganhos de produtividade notaram-se nas áreas das Tecnologias da Informação (68%), Atendimento ao Cliente (60%) e Vendas e Marketing (59%).

Em último lugar no ranking, ficaram áreas que exigem trabalho presencial, tais como: Produção/Fabrico, Investigação e Desenvolvimento, Inovação e Cadeira de Abastecimento.

Cerca de 70% das empresas acredita que pode manter estes valores após a pandemia. Mas, “tal só será possível se as empresas forem suficientemente rápidas a reconhecer e absorver os ensinamentos desta experiência, aprendendo com eles e reorientando as suas organizações”, refere o estudo.

Assim, as empresas esperam chegar aos 17% em ganho total de produtividade, nos próximos dois a três anos. Além disto, 88% das empresas admitiu que poupou nas despesas em 2020 e 92% esperam ainda vir a poupar mais.

Fonte: Jornal Económico

 

Mantenha-se produtivo

Mantenha a sua produtividade estando em tele-trabalho, veja algumas dicas.

Feng Shui, conhece? Pois saiba que pode ajudar à sua produtividade enquanto se mantém a trabalhar em casa, harmonizando o espaço.

Seja bem sucedido em 2021, conheça as nossas dicas para assim alcançar novas conquistas a nível profissional.

Procura emprego?

Conheça algumas empresas que estão a recrutar para funções em tele-trabalho.